Casa do Arquiteto

Qual o tamanho do seu sonho? O tamanho da casa que sempre quis morar? Eu comecei há algum tempo um projeto chamado “Casa do Arquiteto” onde cada um que entrasse nele projetaria a casa dos seus sonhos, a casa que moraria realizado e feliz por cada metro quadrado.
Em conversas e conversas, descobrir grande sonhos, casas enormeeees como direito a tudo, foi quando me dei conta do que preciso é luxuoso, mas PEQUENO. Foi quando fui ao projeto fazer um belo brainstorm e descobrir o que eu queria.
As conclusões que tirei foram simples, queria algo pequeno e pratico e clear, com espaço para esconder meus milhões de miudezas, minhas enormes quantidades de roupa, meus livros, meus sapatos, NADA EXPOSTO, mas tudo a mão. Queria cores, queria arte, queria um ambiente conjugado e bem arejado, (nada melhor que um loft, né). Ao mesmo tempo pensei em visitas, como fazer isso se o espaço pequeno, a solução foi simples, porem desejou de mim cálculos e estudo de espessuras e materiais, fiz então uma cama embutida que pudesse ser guardada quando desejar e assim receber minhas visitas para beber uma cervejinha! Sim Pensando nisso criei outras coisa, pq não uma cozinha que virasse facilmente um barzinho, afinal vamos ser sincero, nada melhor que beber com os amigos.
Ai veio o pensamento, tem um lugar de descanso, um lugar de lazer e o lugar de trabalho, preciso de uma prancheta para arquitetar, foi quando vi onde seria a TV, pq não transformar a porta dela em uma bela prancheta VERMELHA, daquelas altas para projetar sentada em uma luxuosa cadeira alta, ou mesmo em pé, naqueles momentos que você não consegue pensar sentado de tanta tensão. De novo as pesquisas de materiais e de resistências… E assim foi feito…
Depois fui rasbicando e pensando nas minhas referencias preferidas, quando veio o meu amor moderno a mente, MONDRIAN. Depois foi pensei em vidro e metal, deliciosa combinação. No material pensei alvenaria estrutural aparente, que é fácil de combinar com as cores e não sairia caro, e ficaria clear.
Foi então que fui ao banheiro, confesso que não pensei em muita coisa para ele, alem claro, que era uma necessidade luxuosa possuir uma banheira para relaxar após os dias virados projetando. Meu irmão, futuro engenheiro ambiental que não ouça esse meu desejo antiecológico. Ecologia me preocupa sim, mas meu ponto de vista sobre isso será um post a parte.
Ops! ia me esquecendo das janelas em fita mais alta que o normal, de fora quero apenas a luz, não queria ninguém tentando espiar na minha janela e nem espiar a vida alheia, morar em Ouro Preto está me criando certa antipatia a pessoas que se preocupam demais com a vida dos vizinhos… Outra referencia foi minha querida avó Gilka, ela também gostava das janelas da frente da casa alto para pessoas na rua não ficarem olhando para dentro, puxei isso dela.
Outra coisa que fiz para diminuir gastos desnecessários foi juntar toda a rede hidráulica em um canto só, enquanto fiz um belo projeto elétrico e de iluminação, com pontos de luz caprichosos, odeio usar “T”, odeio extensão, odeio fios espalhados, odeio não achar tomada perto. Luz me preocupei com perto da cama, na prancheta e no espelho do banheiro, além claros da luz principal do loft com acendedor perto da porta e perto da cama, péssimo levantar, apagar a luz e voltar no escuro para cama, e também tem regulador de potencia perto da cama, tem dia que luz demais dói a cabeça, tem dia que você necessita de uma super claridade.
Fiz também uma grande circulação de ar, charmosas treliças de 15 cm de metal rugoso circulam o loft não deixando o ar parado de jeito nenhum, mesmo com a casa toda fechada, (logo acima delas já é a viga da casa, para notar o quanto elas são altas…. O AR QUENTE SOBEEEEE!) também tem o telhado e sua estrutura, mas isso ainda preciso de um pouco mais de pesquisa, quero afinar a estrutura dele, mas ainda estou com dificuldade de calcular tudo isso, espero que dessa vez eu passe em sistemas estruturais e aprenda a calcular isso.
Em resumos é um loft pequeno de 430cm X 950cm dando um total de quase 41 metros quadrados de muito conforto e alegrias. Espero sinceramente um dia executar essa casinha… hehehe! Acho que já escrevi demais sobre minha casinha, estou postando algumas imagens…

P.S.: Obrigada para quem leu até aqui, depois que desapertar o estágio eu vou postar mais sobre livros também e do um super update no blog.
P.S.²: A rodinha do meu mouse ajudou, enquanto eu não trocar ela não vou fazer nada novo de CAD e Sketch, isso se dá ao IMENSO nervoso de trabalhar sem elas…

Este slideshow necessita de JavaScript.